Tedros Adhanom elogiou protocolos e disse que competição pode servir para provar ao mundo a importância da prevenção ao coronavírus. Diretor-chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, durante reunião em Genebra em 24 de maio
Laurent Gillieron/Pool via Reuters/Arquivp
O diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, manifestou nesta quarta-feira (21) (noite de quarta no Brasil) apoio aos Jogos Olímpicos de Tóquio e disse que o evento é a oportunidade para mostrar ao mundo a importância da adoção das medidas para prevenir o espalhamento da Covid-19.
“Espero que sejam bem sucedidos, como uma demonstração do que é possível quando se adotam os planos corretos e medidas corretas”, disse, em discurso a integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Tóquio. “Esses planos e precauções serão colocados em testes”, completou.
“Na vida, não existe risco zero. Só existe risco maior ou risco menor”, alertou Tedros. “As escolhas que fazemos diminuem ou aumentam os riscos, mas não eliminam”.
Adiados em um ano por causa da pandemia do coronavírus, os Jogos Olímpicos de Tóquio vão ocorrer sem público na maior parte das competições por causa do contágio em alta no Japão — o que levou a pedidos de cancelamento por parte da opinião pública japonesa. A Cerimônia de Abertura está marcada para esta sexta-feira (23), mas os primeiros eventos começaram já nesta quarta.
Reportagem em atualização

Fonte: G1 Mundo


Compartilhar:

Deixe seus Comentario